Borderlands 3 é um game melhor graças a Battleborn

Bastante comparado a Overwatch em seu lançamento, Battleborn é considerado como o maior fracasso da história da Gearbox — que teve que transformá-lo em um free to play na esperança de atrair mais jogadores. Segundo o diretor de arte Scott Kester, a experiência traumática teve um lado positivo, já que ela ajudou a produzir uma versão melhor de Borderlands 3.

Em uma entrevista ao Metro, Kester afirmou que a desenvolvedora precisava de um “tempo” e explorar novas ideias depois de trabalhar em Borderlands e Borderlands 2. “Porque, se não tivéssemos uma pausa, penso que não faríamos algo tão bom”, explicou.

Fazendo coisas do jeito certo

O diretor de arte afirma que Borderlands 3 está em desenvolvimento há 4 anos, e boa parte do trabalho começou antes de Battleborn ser lançado. Ele afirma que a Gearbox sempre tentou fazer as coisas certas com o jogo e que, de vez em quando, a equipe de desenvolvimento ainda se espanta com a quantidade de coisas que conseguiu colocar nele.

O novo game da Gearbox tem lançamento programado para o dia 13 de setembro, com versões para PlayStation 4, Xbox One e PC. Antes de jogar, a desenvolvedora recomenda conferir o mais recente DLC (gratuito) de Borderlands 2, que conta os eventos que levaram ao momento em que a sequência se inicia.

você pode gostar também

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia Mais